21 novembro 2011

Cycle Chic é ...

Roupas específicas e seus cuidados na lavagem

Todo ciclista que se preze, tem peças de roupas específicas para pedalar. São bermudas (fundamentais para todo ciclista), bretelles, camisas de ciclismo, meias, luvas, capacetes e sapatilhas.
Confeccionadas na maioria das vezes em tecidos sintéticos, como o poliéster e suas inúmeras variantes, as roupas para a prática de atividades esportivas precisam de cuidados especiais.

Uma das peças mais delicadas, são as bermudas. Os forros acolchoados exigem cuidados especiais. O mesmo se aplica às sapatilhas, que se forem lavadas com frequência podem descolar. O calçado deve ser limpo apenas com uma escova embebida em água.
Após o uso, as espumas internas dos capacetes se encharcam de suor e precisam ser lavadas com sabão neutro e secas à sombra. Luvas podem ser lavadas como as demais roupas, máquina ou na mão.
Roupas dispensam o uso do ferro de passar. Caso queira mesmo passar a roupa de poliéster (ou outra fibra sintética), colocar o ajuste do ferro elétrico na posição Poliamida/Nylon/Acrílico/Acetato ou um ajuste equivalente a 110º C.

LAVANDO SEUS ACESSÓRIOS
Cuidados na lavagem - dicas da Francine, para aumentar a vida útil das roupas e evitar danos na lavagem.

Cuidados com o Forro
Os forros acolchoados que revestem o interior das bermudas necessitam de certos cuidados para durarem mais. Bons forros têm fios com tratamento bactericida que podem ser danificado com a lavagem incorreta.

Uma bermuda ou bretelle, com forro importado, tem vida útil de aproximadamente 100 ciclos de lavagem. Após esse período o forro perde suas propriedades.

DICAS
  • Lavar à mão ou na máquina até 30º C;
  • Usar sabão neutro e não-agressivo;
  • Não misturar roupas claras com as escuras na lavagem;
  • Não deixar de molho (prejudica as características bactericidas);
  • Lavar logo após o uso;
  • Não é aconselhado usar secadora.
ROUPAS DE BIKE EM GERAL
  • Lavar à mão ou na máquina até 40º C;
  • Utilizar sabão neutro de preferência;
  • Não usar alvejantes a base de cloro (desbotam os tecidos);
  • Não passar a ferro (danificam as estampas);
  • Não remover manchas com solventes;
  • Não misturar tecidos de algodão com sintéticos (pode formar bolinhas em ambos);
  • A roupas deve ser estendida no varal (para não entortar);
  • A roupa não deve esturricar no sol;
  • Fazer um enxágue final para retirar excesso de sabão e amaciante (evita que a roupa fique esbranquiçada).
OUTRAS DICAS
  • Para realçar as cores, adicionar um pouco de sal e vinagre durante o enxágue, tanto na lavagem na máquina quanto à mão;
  • Tons cítricos (verde, amarelo, vermelho e laranja) desbotam mais facilmente que os tons claros, portanto evite a exposição prolongada ao sol;
  • Mantenha as roupas armazenadas em local fresco, ventilado e protegido do calor e luz solar.
DICAS PARA TIRAR MANCHA DE GRAXA
  • Depois de seca, uma mancha de graxa vai ser difícil de ser removida. Vale a pena anotar os procedimentos de uma receitinha para tirar mancha de graxa.
  • Passar detergente de cozinha na mancha juntamente com um pingo de óleo de cozinha.
  • Espalhar com o dedo, aguardar cerca de cinco minutos ou até ver que a graxa saiu do tecido. Depois é só lavar como de costume.
Fonte: Trilhas e Aventuras.

20 novembro 2011

Costela Bike, Ninho das Águias - 22 km 15.11.2011

  Pedal no feriado e com muita chuva!
Pit stop - alguém furou o pneu 
Woohoo!!!
♥ Casal que dá pedal ♥
That's me ... Yeah!!!
bom demais ...
parceiras do pedal 
Fogo de Chão !!!

14 novembro 2011

Quando você é um motorista

  • Respeite o ciclista e na rua dê preferência ao pedestre na travessia. É lei.
  • Reduza a velocidade e mantenha distância lateral superior a 1,5m ao ultrapassar o ciclista.
  • Caso não seja possível ultrapassar uma bicicleta com segurança, não ultrapasse. Aguarde um ou dois minutos atrás de uma bicicleta não é nenhum sacrifício: lembre-se que o congestionamento só existe por causa do excesso de carros.
  • Nunca "feche" o ciclista nas conversões à direita ou ao estacionar.
  • Ande devagar e sinalize as suas conversões e mudanças de faixa. A cidade não é um autódromo.
  • Nunca estacione sobre a calçada ou faixas de pedestre.
  • Evite usar vidros escuros. A comunicação visual com pedestres, ciclistas e outros motoristas é fundamental para a segurança do trânsito.
  • Não use o celular enquanto estiver dirigindo.
  • Dê carona e use racionalmente o carro.
  • Evite buzinar desnecessariamente. O barulho, além de incômodo, pode assustar o ciclista.
  • Deixe o carro em casa sempre que possível. Muitos deslocamentos podem ser feitos utilizando transporte público, à pé ou de bicicleta. Experimente!
  • Olhe sempre pelo retrovisor antes de abrir a porta do seu carro.
Fonte: Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo.

12 novembro 2011

03 novembro 2011

Coxipó do Ouro - MT, 54 km 02.11.2011

Galera pronta pra sair e curti um passeio no feriado,
em ótima companhia das meninas que pedalam :)
Yeahhhh ........
Woohoo !!!
Malu de Bicicleta
quando você pedala, você pode ver de perto ...
imagens incríveis como essa :)
nosso guia, fotógrafo e animador do pedal kkk
Loucos por uma sombra :)
parceiro das minhas aventuras 
Tem gente que pedala em Goiânia (GO) e agora em Mato Grosso (MT),
Bem Vindo amigo biker, seja Feliz!!
Localidade histórica, aqui fica o Coxipó do Ouro
♥ I Love my Bike ♥
galera descansando no restaurante acolhedor, 
aliviando o calor extremo no Rio Coxipó
WOOHOO !!
e pra encerrar um pedal fantástico, longo e cansativo pelo sol, 
só umas geladas pra refrescar e relaxar!!